Todos os Defuntos da Ordem do Carmo

Comemoração a 15 de Novembro

O amor a Cristo e a comum vocação ao serviço da Virgem Maria que unem todos os Carmelitas como irmãos, enquanto, vivem nesta terra, não terminam com a morte, mas levam-nos a interceder com amor de solicitude fraterna pelos Carmelitas que terminaram a sua carreira nesta vida e ainda esperam a gloriosa e imperturbável visão do Senhor Deus da glória.
A oração comum de toda a Ordem implora ao Senhor a misericórdia para todos aqueles que nesta vida foram da família do Carmo, religiosos, religiosas, leigos no mundo, e todos quantos estiveram ligados à Ordem por laços de vocação, de amizade, benfeitores, ou simplesmente unidos pelo Escapulário.
Rezamos para que por intercessão de Maria, sinal de esperança certa e de consolação segura, se associem nos Céus, à grande família carmelitana dos santos e eleitos que já contempla Deus face a face.
√Č tamb√©m de notar que para al√©m desta comemora√ß√£o especial, cada comunidade carmelita, um dia por m√™s, dedica-o a rezar pelos defuntos da Ordem, e, todas as noites, depois da ceia, reza pelos familiares, amigos benfeitores e irm√£os da Ordem, vivos e defuntos.

 

 

Oração

Senhor Deus,
criador e redentor nosso,
glória dos vossos fiéis,
concedei aos nossos irm√£os defuntos,
a quem nos une o mesmo Baptismo e o mesmo chamamento
e vocação à família do Carmo,
graça de Vos comtemplarem eternamente
como prémio das suas vidas consagradas
ao serviço de Cristo e da Virgem Maria.

 

 

ÔĽŅ