I Centenário da Morte de Santa Teresa dos Andes

 

Image

Dia 13 de julho de 2020 assinalamos o I Centenário da Morte de Santa Teresa dos Andes.

Pelo «coração» de Santa Teresa dos Andes aproximamo-nos do coração de Jesus e do coração de Maria: «A Santíssima Virgem foi a minha inseparável companheira… Ela confortou o meu coração tantas vezes abatido pela dor».

«Comungava todos os dias e falava com Jesus por muito tempo. Mas a minha devoção especial era a Virgem. Contava-lhe tudo». Jesus deu-lhe a sua Mãe: «Quanto amo a minha Mãe! Quanto me ama Ela! Hoje é o dia do seu Imaculado Coração». Maria deu?lhe Jesus: «Ela amou-me e, não encontrando outro tesouro maior para me dar em prova da sua singular protecção, deu-me o fruto bendito das suas entranhas, o seu Divino Filho. Que mais pôde dar?»

O «coração» de Maria leva-nos ao «coração» de Jesus: «Minha Mãe, sê Tu minha Mãe… Ponho-me nos teus braços maternos para que Tu me coloques nos de Jesus. Abandono-me a Ele. Faça-se a sua santa vontade». O «coração» da Mãe do Carmelo prepara o coração dos seus filhos para «receber Jesus em sua casa»: «Minha Mãe, prepara o meu coração para receber o meu Jesus». E o «coração» do Filho nada nega ao «coração» da Mãe: «As minhas orações… são muito pobres, mas dou-as à minha Santíssima Mãe. Ela apresenta-as a Nosso Senhor, e Ele não nega nada a sua Mãe».

Maria é «nossa Mãe» na Eucaristia. Façamos nossa a prece de Santa Teresa dos Andes à Rainha do Carmelo: «Maria, nossa Mãe, abençoai-nos».

 

2020-07-13

 
[Voltar às notícias]